Cores vibrantes na decoração do seu casamento

Cores vibrantes na decoração do seu casamento
4.8 (96.67%) 6 votes

Aposte nos tons quentes e agite a decoração do seu casamento

Há muito tempo, ficou para trás a ideia de que toda troca de alianças tem que ser comemorada em um cenário bem clarinho. O casamento pode ser, sim, uma bela oportunidade para dar asas à imaginação, produzir ambientes inusitados, com cores bem vivas, e combinar diferentes estilos e estampas. Para aguçar a sua criatividade, reunimos um mix de primeira linha: para começar, uma releitura cor-de-rosa e moderna do clássico Copacabana Palace; em seguida, provence com muitos cristais e vários elementos contemporâneos; depois, um almoço rústico, aconchegante e bem colorido; e, por fim, um casamento descolado, verde e, sobretudo, personalizada na fazenda. Não faltarão boas ideias.

Tissi Valente: Ousadia em grande estilo
Entre os destaques do casamento criado por Tissi Velente está a mesa de doces, enfeitada com orquídeas suspensas alocadas em vidros coloridos, que às vezes apareciam também só com velas. “Na mesa, usei cilindros com água em vez daqueles arranjos tradicionais. Queria criar algo diferente, e o resultado ficou bem interessante”, explica a decoradora. Neste caso, ela também fez questão de explorar toda a sofisticação ligada ao Copacabana Palace, usando mesas de madeira escura e em diversos formatos, que tendiam para uma linha mais clássica. Em cima delas, foram colocados caminhos de mesa feitos com tecidos listrados. “Gosto de trabalhar com elas. Dão um toque de modernidade. Usei ainda uma estampa floral em algumas poltronas e almofadas”, acrescenta Tissi, que recorreu a várias peças em dourado para brincar com a tonalidade marrom. O toque de leveza necessário para deixar o casamento equilibrado ficou por conta de acessórios em vidro e dos espelhos. Os suntuosos lustres de cristal do hotel também foram explorados pela decoradora, que enriqueceu a iluminação aérea com mais um, todo composto de velas, e espalhou pelos salões vários pontos de luz.

Christina Lips: Provence moderninho
Que tal combinar toda elegância e requinte do estilo provençal com peças contemporâneas, como cadeiras Philippe Starck, lustres de cristal, espelhos e um bar de aço? Este encontro inusitado norteou toda a concepção deste cenário criado por Christina Lips para uma comemoração no Jockey Club da Lagoa. Fazendo referência ao clássico francês, ela usou cadeiras Luís XVI, mesas em pátina off-white e alguns recamiers. “Estes foram colocados no lounge, junto com mesas Saarinen, com tampo de espelho. Em cima delas, havia arranjos coloridos em pink, vermelho, amarelo, laranja e salmão – cinco cores quentes, que têm tudo a ver com o verão. Eles foram feitos com rosas, astromélias e orquídeas do tipo oncidium, simbídio e gloriosa”, opina. As cores quentes também foram usadas em algumas peças, como as taças em tom de âmbar. Para não correr o risco de carregar demais no cenário, Christina Lips escolheu o branco como cor de fundo e também usou vários espelhos que ajudaram a ampliar o salão. Estes foram posicionados sob arandelas e estavam intercalados com voiles brancos, que davam um ar de leveza.

Flora Real Grandeza: Simples, intimista e colorido
Um casamento não precisa estar cercado de luxo para ser bonito e elegante. Muitas vezes, menos é mais. Que o diga esta decoração assinada por Amélia Monteiro, conhecida também como Amélia Portuguesa, da Flora Real Grandeza, para um casamento realizado durante o dia em Vargem Grande. “Como era um casamento para poucas pessoas, criei um ambiente intimista e singelo. Queria que os convidados tivessem a impressão de que estavam sendo recebidos na casa dos noivos”, justifica. Ao montar o casamento, ela aproveitou ao máximo cada detalhe do lugar. O mobiliário, por exemplo, é todo da pousada, assim como os jogos americanos e toda a parte de louça. “Tentei manter o clima rústico do local e atender à vontade dos noivos, gastando o menos possível”, afirma Amélia, que coloriu os três ambientes com flores em tons de pink, amarelo e laranja. “Elas eram pequenas e simples. Era como se tivessem sido colhidas há pouco pela noiva. Queria dar esse toque pessoal”, explica. Entre os espaços ornamentados, o que mais chama a atenção é, sem dúvida, o que abrigava os doces. Posicionada em uma espécie de coreto existente no próprio local, a mesa parecia um grande jardim, com flores presentes no bolo, nas forminhas e, até mesmo, no chão.

Patricia Salamonde e Maria Henriqueta Krepel : Hippie-chique campestre
Casar não é sinônimo de desperdiçar. Partindo desse pressuposto, Patricia Salamonde e Maria Henriqueta Krepel criaram um casamento ecologicamente correto, descolado e bem charmoso para esta festa no campo. Em vez de grandiosos arranjos de flores sofisticadas, a dupla apostou em criatividade e simplicidade e recorreu a peças em tecido e ainda a girassóis, begônias, flores do campo e margaridas amarelas e brancas. “Não é necessário usar orquídeas para ter uma comemoração bonita. Há como conseguir um resultado bacana e bem mais em conta com plantas simples. E é até interessante que elas fiquem em vasos, pois aguentam muito melhor”, afirma Patricia, que também é artista plástica. Acostumada a lidar com cores vivas em seu trabalho, ela e a parceira não encontraram dificuldade em brincar com diversas estampas vibrantes. Juntas, elas foram usadas para compor detalhes graciosos, como o varal onde os convidados deixavam mensagens para os noivos e as latinhas customizadas penduradas nas cadeiras deles. “A intenção era fazer uma alusão àquela brincadeira de decorar o carro do casal. Procuramos fazer uma espécie de patchwork, combinando todos os tecidos”, recorda.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *